segunda-feira, 15 de maio de 2017

500 dias do Looqbox no Cubo!

Hoje, dia 15/05/2017, estamos completando 500 dias do Looqbox no Cubo, o espaço de Co-Working do Itaú. Aproveito a data para contar um pouco sobre como funciona, por que funciona e como está sendo a jornada do Looqbox por aqui.

Time Looqbox!
Ficamos sabendo do Cubo pelo professor de empreendedorismo Marcelo Nakagawa, que é conhecedor/apoiador do projeto do Looqbox desde seu estágio embrionário. Nakagawa nos contou que iria inaugurar em São Paulo um espaço voltado para Startups de tecnologia fundado pelo Itaú e pela RedPoint e.Ventures. Ficamos animados em conhecer o lugar, e o Daniel (co-founder Looqbox) conseguiu um convite para o evento de abertura. Foi amor à primeira vista. Eu estava no Vale do Silício na época, e assim que o Daniel saiu do evento ele me mandou uma mensagem: "temos que estar nesse lugar, é muito bacana!".

Passamos por um processo de entrevista com o diretor do Cubo, Flávio Pripas. Após preencher alguns formulários e depois de alguma espera, fomos selecionados para sermos residentes do espaço. Iniciamos em janeiro de 2016. Um pouco antes de entrar, tivemos dúvida se não seria melhor economizar e programar em casa. Valeria a pena o investimento? Logo logo perceberíamos que a resposta era um retumbante SIM, valeria cada centavo.

Afinal, o que é o Cubo? O Cubo é uma organização sem fins lucrativos, que tem como missão fomentar o ecossistema de empreendedorismo no Brasil. Segue definição do Flávio Pripas, diretor do Cubo:



Quando me perguntam por que o Cubo, gosto de separar minha resposta em 3 partes: Credibilidade, Clientes e Troca de Experiências.

Credibilidade

Mais de 800 Startups participaram do processo de seleção do Cubo e atualmente o espaço conta com 60 Startups residentes. O processo de seleção funciona como um selo de qualidade para as Startups: é muito mais atraente apresentar-se para uma empresa tendo a chancela do Cubo.

Clientes

Uma outra grande vantagem de ser residente do Cubo é a visibilidade das Startups perante o contínuo fluxo de empresas que vem conhecer e realizar eventos nesse espaço. Principalmente para Startups com soluções B2B, aqui temos uma excelente oportunidade de apresentar nossos produtos e fazer negócios. Hoje o Looqbox ainda não conta com prospecção ativa, todos nossos leads e contatos foram gerados pelo "comercial Cubo", que serve como uma grande vitrine para os residentes.

Troca de Experiências

O empreendedor do Cubo tem idade média de 36 anos e normalmente não está em sua primeira empresa, trazendo consigo uma bagagem considerável de experiências anteriores nos mais diversificados mercados corporativos. Nesse sentido, a troca de experiências entre os residentes é extremamente rica! Usamos o Slack como ferramenta de comunicação interna e temos uma conexão muito forte entre nós. É comum reunirmos para tratar dos mais diversos assuntos, que vão desde contratos, clientes, investimentos, códigos, até a troca de livros interessantes e o compartilhamento de novas descobertas no mundo do Empreendedorismo e das Startups.

Para fechar esse post, deixamos aqui nosso enorme agradecimento à equipe do Cubo, que tem trabalhado intensamente para que o espaço continue sendo uma referência para o Empreendedorismo e as Startups do Brasil.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Porque Gostamos do Slack!


Quando conheço uma tecnologia nova ou um livro que eu goste, adoro falar para todo mundo sobre o assunto. E foi assim que me senti quando ano passado conheci o Slack, a ferramenta de comunicação que foi avaliada em 3.8 bilhões de dólares em sua última rodada de investimento.

Um dos primeiros impactos que temos ao entrar no Cubo é que não existe telefone, nem ramal. Para quem vem do mundo corporativo tradicional é um choque, mas logo logo passei a encarar isso como uma evolução. Só de não ter telefones nervosos tocando nas mesas já é um salto grande de qualidade de vida. Existe vida sem ramal? Sim! E ela é bem melhor.

Para quem não conhece, o Slack é tipo um WhatsApp corporativo. Segue abaixo imagem da sua tela principal.


Mas quais as vantagens de usar o Slack na Empresa?

Silêncio

Como dito acima, o escritório vira outro com o Slack, pois não há necessidade de telefones e ramais para a comunicação interna. E como o slack funciona no modo mobile, vc sempre tem o 'ramal' ao seu alcance.

O fim dos e-mails com cópia em massa

É uma forma ótima de acabar com a improdutividade dos famosos e-mails com uma quantidade gigante de pessoas copiadas, lotando as caixas de e-mail, e perturbando quem não precisa estar envolvido. Com o Slack você pode criar grupos de trabalhos (como grupo de WhatsApp) e trabalhar nos mais diversos temas em conjunto, sem que todos tenham necessidade de receber notificação. Existem algumas notações  (como o @) que ajudam a notificar o grupo todo, ou alguma pessoa específica quando for necessário.

Integrações

É possível integrar aplicações de terceiros com o Slack como por exemplo integração com Bots. No Cubo, conseguimos agendar salas de reunião pelo Slack, usando linguagem natural, em uma aplicação caseira desenvolvida pelo Flávio Pripas, Diretor do Cubo. Também usamos o Slack no Looqbox em um canal especial de alertas que monitora nossos serviços e avisa se algum comportamento anômalo ocorrer.

Respeito ao horário

É possível configurar o período de descanso, para que a ferramenta não importune com mensagens em horários inapropriados. 

Troca de Pedaços de Código

É muito comum programadores trocarem códigos entre si, o que não é tão confortável em outras ferramentas de comunicação. O Slack tem uma notação especial para trocar código (o ```), que preserva a formatação, e torna a experiência mais divertida.

Preço

Uma das melhores partes, o plano básico é gratuito!