segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O Case Via Varejo

Primeiros passos, iniciando a interação

Em abril de 2016, após um pitch do Looqbox numa Conferência no auditório do Cubo, um membro da plateia nos convidou para apresentarmos nossa ferramenta para uma das maiores empresas varejistas do Brasil, a Via Varejo, holding das Casas Bahia e Ponto Frio. Com apenas 3 pessoas no nosso time naquele momento, deu frio na barriga iniciar uma conversa com uma empresa desse porte. Será que já era o momento? Aceitamos o convite, e na semana seguinte estávamos em São Caetano apresentando o Looqbox para alguns gerentes. Após rápida reunião, a equipe da Via Varejo reafirmou o interesse em nossa tecnologia e concordamos em fazer uma POC.

Era a primeira vez que interagíamos com uma empresa tão grande. Com capital aberto na bolsa de valores e filiada ao maior grupo varejista do Brasil (Grupo Pão de Açúcar), a Via Varejo conta com cerca de 48 mil colaboradores em seu quadro e em 2016 faturou R$ 22,2 bilhões. Depois de mais algumas reuniões com as áreas de arquitetura e segurança da informação, iniciamos a instalação do Looqbox em maio de 2016. Foi aí que começou o nosso primeiro desafio: tivemos dificuldade de fazer a aplicação funcionar, dadas as fortes restrições de segurança de informação da Via. Foram quase dois meses focados apenas nessa questão. Era angustiante ter a oportunidade na mão e não conseguir fazer nossa tecnologia rodar no ambiente da empresa. Após algumas noites mal dormidas tentando resolver o problema, finalmente descobrimos o que impedia a conexão e conseguimos instalar a aplicação. 

Uma vez instalado, começamos a configuração do Looqbox. A área de BI da Via estava animada com a ferramenta nova e contamos com o apoio de profissionais extremamente competentes na implementação do projeto. Nesse meio tempo, tivemos muitos feedbacks e fizemos várias melhorias de usabilidade. Faltava somente definir em que área o Looqbox poderia ser aplicado na empresa. Naquela época, o foco era dar usabilidade para que os diretores pudessem consultar os indicadores de forma mais fácil e configuramos várias consultas nessa linha. No entanto, devido à agenda corrida, faltaram oportunidades para apresentar a solução para as áreas de negócio.


Um acontecimento inesperado e uma reviravolta

Em início de outubro de 2016 nosso sponsor na Via deixou a empresa. Foi um choque para nós. Todo o trabalho executado estaria perdido? Como já comentamos em post anterior, sem um sponsor a probabilidade de sucesso de uma Startup em uma Grande Empresa é diminuta, e sabíamos que a chance de prosseguirmos com o projeto na Via seria bem próxima a zero. Para começar, o servidor em que estávamos operando era provisório e teria que ser devolvido. O Looqbox estava prestes a ser desligado.

Na última semana de outubro, recebi um telefonema inesperado. Era a ex-secretária do nosso ex-sponsor explicando que ele houvera marcado uma reunião com outros dois diretores para apresentar-lhes o Looqbox. Como ele já não estava mais na empresa, ela queria saber se essa reunião deveria ser mantida ou cancelada. Perguntei gentilmente, tentando conter a ansiedade, se não poderia eu mesmo apresentar o Looqbox nessa reunião, que ocorreria em 28/10/16. Quando ela disse que sim, que não haveria problema, ecoou internamente um grande Yes!, pois aquela seria nossa grande oportunidade de tentar voltar para o jogo.

E lá fomos nós para São Caetano. Será que reverteríamos o caso? Às 17h00 de uma sexta-feira, eu estava explicando para os diretores como funciona o Looqbox e o que já tínhamos feito até então. Os diretores, que ainda não nos conheciam, gostaram da solução, aprovaram a continuidade dos testes e evitaram o desligamento do servidor. Na sequência, tentamos evoluir com os trabalhos, mas como estava perto de Black Friday e Natal, não foi possível prosseguir naquele momento e o projeto acabou ficando para 2017. Em 2017 retomamos o contato e, para nossa surpresa, a Via Varejo mostrou interesse em instalar o Looqbox em todas as lojas da rede, 970 naquele momento, para uso dos gerentes de loja. Estava iniciada a reviravolta.


Desafio e desfecho

Sempre se fala que vida de Startup é corrida, e definitivamente aquele foi um momento de intenso trabalho para nós. Em início de março recebemos o desafio de rodar o Looqbox nas 970 lojas do grupo até o dia 15 de março. Nesse dia haveria uma convenção de gerentes de lojas e um dos objetivos seria apresentar a ferramenta para os gestores participantes. Recebemos alguns painéis de consulta e tínhamos que implementá-los até aquela data. Os painéis tinham componentes que ainda não existiam no Looqbox, mas metemos a mão na massa com o nosso time de desenvolvimento e conseguimos entregar o trabalho a tempo.

Tudo funcionou como previsto e aos poucos fomos conquistando mais confiança do nosso novo cliente. Com o passar do tempo, a ferramenta foi estendida para uma quantidade maior de usuários e o número de respostas foi ampliado. Para nossa equipe, é grande a satisfação de ver o número de perguntas feitas na ferramenta crescendo semana a semana em um dos maiores grupos varejistas do Brasil. Só em 2017, alguns milhões de perguntas já foram feitas no Looqbox da Via Varejo.
Aproveito para deixar aqui nossos sinceros agradecimentos a todo o time da Via, que acreditou e apoiou o nosso projeto. Esse foi para nós um grande exemplo de case de sucesso, que mostrou de forma concreta como é possível para uma Grande Empresa, com espírito inovador e atitude, interagir com Startups de forma efetiva, agregando valor para todos no mercado.


visita Looqbox à loja de São Caetano das Casas Bahia

Um comentário: